Pandemia e as empresas de Outsourcing de impressão – MPS Como sobreviver a esta crise

Tenho assistido algumas lives no nosso segmento e também de outros “especialistas” e minha conclusão é que a maioria não ajuda em nada, só atrapalha e confunde quem está imerso na crise que estamos vivendo.

Ao invés de falar a real e tentar ajudar, a maioria esta preocupada apenas em vender. Justo num momento em que a maior parte do mercado B2B está em retração por conta das quarentenas impostas para o combate ao coronavírus, principalmente as empresas de MPS, que tiveram redução significativa nos volumes de páginas impressas.

Assim como não é o momento de vender tudo para todo mundo, não é o momento de aula de business e gestão, então vou compartilhar em resumo o que fizemos na prática em nossa empresa.

Para começar, procure enxergar seu negócio de 3 pontos de vista distintos e trate de cada um separadamente:

1. Sua empresa é igual a qualquer outra empresa aos olhos do Governo, dos bancos, dos investidores etc.

Não importa o segmento, o que Governo e bancos querem é reciprocidade, transparência e processos formais . A pandemia é para todos, mas as ajudas de Governo e bancos são apenas para aqueles que trabalhavam formalmente aos olhos deles e mantinham relacionamento de reciprocidade, principalmente com os bancos. Assim como você, neste momento de alto risco, eles também estão escolhendo clientes. E vão preferir fazer negócios, ou ajudar, apenas com quem eles conhecem.

2. Sua empresa por dentro é igual a qualquer outra empresa, não importa o tamanho. Por isso você não deve negligenciar as ferramentas e técnicas de gestão.

Vendas, fluxo de caixa, operações, impostos, logística, RH… tudo isso precisa ser administrado e este é o segredo do sucesso ou do fracasso. Não foi a pandemia que colocou seu negócio em dificuldades, é certo que ele já não vinha muito bem por falta de atenção a estes pontos e por isso você não tem caixa ($$) para passar por este período. Reflita sobre isso e tome as decisões para ajustar sua empresa a nova realidade de faturamento, seja ele maior ou menor por causa da pandemia.

Se sua empresa esta passando pela quarentena com mais tranquilidade, com certeza é devido a austeridade na condução e gestão dos negócios.

3. Estude e aja dentro das particularidades do segmento de outsourcing de impressão.

a) Faturamento e novos contratos. Com a maioria das empresas fechadas, seu foco deve ser ne RETENÇÃO e nem tanto na prospecção. Entenda que não é o melhor momento para seu cliente aumentar os custos com seu contrato, e este pode não o melhor momento para um upgrade ou atualização no parque instalado. Reduzir a quantidade de equipamentos e trabalhar com opções de máquinas revisadas é uma excelente alternativa para manutenção dos contratos ativos.

b) Equipe técnica. Já parou para calcular o custo e o tempo de formação de um bom técnico de manutenção de copiadoras e impressoras?

Cada caso é um caso, mas evitar a demissão destes profissionais deve ser muito considerado. Avalie as alternativas propostas pelo governo na MP936, busque financiamento da folha de pagamento através de linhas de crédito de baixo custo e mantenha seu time de técnicos.

Outra ideia é aproveitar a redução de chamados técnicos e nivelar o time com treinamentos. Desenvolva um programa de treinamento interno, onde o técnico mais experiente pode ensinar os menos experientes. Ter a equipe com conhecimento homogêneo trará muito mais flexibilidade para sua empresa. Lembre-se que o atendimento técnico é o pós-venda do seu contrato e pode garantir a renovação do mesmo.

c) Estoque de máquinas. É sabido que o lucro da empresa de outsourcing de impressão ou locação de impressoras e copiadoras está diretamente ligado ao controle de custos. Quanto menos sua empresa gastar, maior será o gap de lucro frente ao faturamento fixo/franqueado.

Aproveitar o momento para organizar seu estoque de máquinas é uma excelente ideia. Você pode organizar para descarte o que não serve mais; pode revisar e deixar pronto para uso os equipamentos mais modernos; pode eventualmente desocupar espaço físico que custa aluguel mensal e isso te fará sair mais forte desta crise.

Motivos para lamentação todos temos, porém, é tentando enxergar o lado positivo das situações que melhoramos nossos negócios. Lembre-se, é na crise que as riquezas trocam de mãos, e as empresas mais organizadas terão mais chances de sobreviver e aproveitar as oportunidades que com certeza vão surgir.

Descubra como a GP pode ajudar neste momento. Entre em contato agora mesmo conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.